You are currently viewing Rio de Janeiro e São Paulo fotografadas à noite a partir da Estação Espacial.

Rio de Janeiro e São Paulo fotografadas à noite a partir da Estação Espacial.

A NASA tem feito um trabalho muito importante para os países do mundo todo ao divulgar fotos feitas a partir da Estação Espacial Internacional. A partir desses registros, os mapas foram aprimorados e muitos municípios puderam ter uma noção clara do que está sendo feito em termos de Iluminação Pública.

No caso do Rio de Janeiro e Niteroi, a foto via Estação Espacial revela o contraste existente com a Iluminação Pública antiga e as modernas lâmpadas de Led que estão sendo utilizadas.

No Rio de Janeiro esse nível de troca das velhas pelas leds já atinge 80% do município. O programa Luz Maravilha é um projeto da prefeitura carioca, realizado com ajuda da iniciativa privada, que promove a substituição das lâmpadas de vapor de sódio de 150 watts (amareladas) pelas do tipo LED, que são mais claras e duram mais tempo.

No mês de julho, a NASA divulgou um registro fotográfico de São Paulo. O retrato aéreo, capturado a 420 quilômetros de distância pela Estação Espacial Internacional (ISS), mostra a capital paulista dominada pelas luzes esbranquiçadas de LED (sobretudo na parte central da foto), evidenciando um contraste com Guarulhos, no canto direito superior da imagem, município onde ainda predomina uma iluminação mais amarelada.

Em São Paulo, de acordo com os dados oficiais, as luzes de LED eram responsáveis por quase 90% da iluminação pública, o que resultou numa redução de pelo menos 52% no consumo de energia no município.

A foto foi parar nas redes sociais da Nasa, que a divulgou com a seguinte legenda: “A ISS (Estação Espacial Internacional) tirou esta foto de São Paulo enquanto orbitava 261 milhas (420 km) em 4 de julho de 2022. São Paulo é a cidade mais populosa do Brasil. Nesta foto, suas luzes de rua brilhantes a diferenciam de uma cidade menor próxima, Guarulhos”.

Este tipo de iluminação, de acordo com especialistas, é mais econômica, gera menos custos aos cofres públicos do Executivo, e proporciona maior segurança às pessoas.

Deixe um comentário