Página Inicial --> Astronomia --> 13 de junho: SpaceX lança, com sucesso, mais um foguete Falcon 9

13 de junho: SpaceX lança, com sucesso, mais um foguete Falcon 9

Pouco depois das 7 horas da manhã do dia 13 de junho de 2020 a SpaceX lança, com sucesso, o foguete Falcon 9 para o espaço colocando em órbita da Terra mais satélites para a Internet Banda Larga. Metade do planeta não tem acesso à internet e o projeto Starlink pretende atender essa demanda global.

Apenas alguns dias depois de ter levado dois astronautas americanos até a Estação Espacial Internacional a SpaceX lança mais um foguete Falcon 9. A empresa confirmou que 58 satélites de banda larga, do projeto Starlink, foram implantados com sucesso.

Depois de 9 anos, os EUA lançam astronautas americanos, com foguetes americanos, a partir de solo americano. Graças à parceria com a SpaceX.

Foi na noite de 3 de junho – 2020 – 22h25min pelo horário de Brasília.

13 de junho: A SPACEX lança, com sucesso, mais um conjunto de satélites Starlink a partir do Complexo de Lançamento 40, na Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, no estado da Flórida (EUA)

Alguns minutos após o lançamento, e o foguete Falcon 9 retorna à Terra, pousando suavemente na plataforma movel da SpaceX, sobre o oceano. A reutilização do foguete barateou o projeto e está viabilizando a aventura no espaço.

Primeiro Estágio do foguete Falcon 9 pousa na plataforma, no Oceano Atlântico, enquanto a base de propulsão leva os satélites para a órbita da Terra

Esse primeiro estágio do Falcon 9 já foi utilizado 4 vezes. Ele apoiou a missão Telstar 18 VANTAGE em setembro de 2018, a missão Iridium-8 em janeiro de 2019 e duas missões Starlink separadas em maio de 2019 e janeiro de 2020.

Momento em que os satélites deixam o módulo propulsor e iniciam sua caminhada no espaço

Esta é a nona missão do projeto que promete revolucionar o acesso mundial à internet. Uma vez concluídos os check-outs, pelos engenheiros da SpaceX, os satélites usarão seus propulsores de íons a bordo para se moverem para as órbitas pretendidas e a altitude operacional de 550 km.

Os satélites formarão uma rede ao redor do Planeta garantindo internet de alta qualidade para todos.

Está comprovado que mais da metade da população da Terra, simplesmente não tem acesso à internet. A idéia de Elon Musk, o Ceo da SPACEX é fornecer uma conecção de altíssima qualidade, a um preço razoável, para todo o mundo.

Desde 2019, já foram lançados 422 dispositivos. Segundo Elon Musk, com esses dispositivos, já é possível ativar um serviço básico de internet. Tanto que ele mesmo tuitou outro dia, utilizando a conexão espacial pela primeira vez.

Elon Musk – CEO da SpaceX durante entrevista coletiva após o envio dos primeiros astronautas americanos à ISS a partir do Cabo Canaveral.

Sobre Paulo Roberto Machado

Jornalista e Radialista Profissional, graduado em Comunicação Social e Pós Graduado em MKT pela PUC de Campinas, trabalhou, em Campinas e em São Paulo, durante anos na Rede Globo de Televisão - TV e Rádio, na Bandeirantes - Rádio e TV e na antiga TV Manchete como repórter, editor e apresentador e âncora de Telejornais e programas de Debate. Formado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista Ágape.

Leia Também

Exército começa a unificação da Amazônia

Fibra ótica pelo rio é coisa inédita no mundo. Até agora só havia registro de …