Página Inicial --> psicologia e comportamento --> Comportamento --> Relação de Consumo --> Le Lis Blanc empresa que deixa você na mão

Le Lis Blanc empresa que deixa você na mão

Jarra de Prata vendida pela Le Lis Blanc não é de prata coisíssima nenhuma. Com o tempo ela racha e você fica na mão, rachado, e a empresa só sabe dizer que você está fora da garantia.

Paulo Roberto Machado – [email protected]

É preciso cuidado com certas empresas. É o caso dessa Le Lis Blanc. Ela não me atendeu e cancelou o meu tiquet alegando estar fora da garantia.

A Le Lis Blanc é uma empresa grande. Começou vendendo roupas e depois entrou no ramo de produtos para casa. Não acredito que ela seja a fabricante das jarras de prata que levam o seu nome. Pode ser uma terceirizada que produz. Quando eu procurei a Le Lis Blanc, ela não me atendeu e de forma unilateral, cancelou o meu tiquet de atendimento.

Quando nos casamos, Thais e eu, ganhamos de presente um lindo jogo de jarra de prata da Le Lis Blanc. Ficamos até contentes pois, naquele tempo a empresa era conceituada.

Com o tempo uma das jarras apresentou três rachaduras o que impossibilita o seu uso e a transformou num objeto horrível. Como pode uma jarra de prata trincar, rachar dessa maneira.

Entrei em contato com a empresa. Fui atendido por uma funcionária que se identificou como Andressa. Me pediu dados sobre o produto, nota fiscal, loja onde foi adquirido, essas coisas. Expliquei que havia sido um presente de casamento há mais de uma década.

O que eu esperava que a Le Lis Blanc fizesse era retirar o produto aqui na minha residência e mandá-lo para análise, para sabermos o que aconteceu. É claro, contava com a sua reposição.

O atendimento da Le Lis Blanc é precário. A empresa não conta com ouvidoria. Promete resolver todos os problemas pela Central de Atendimento. Isso não é verdade.

No meu caso, a funcionária, numa demonstração autoritária e abusiva, cancelou o tiquet de atendimento e me disse que o fazia porque o produto tinha sido adquirido há muito tempo e portanto estaria fora da garantia.

Eu nunca invoquei a garantia. Nem pedi troca. Pedi para a empresa analisar e me dizer o que foi que aconteceu. Imaginei que a análise do caso seria interessante para a empresa. Se ela não produz a jarra, é pior ainda pois coloca o seu nome num produto fabricado por terceiros.

O mundo está repleto de pessoas assim: Andressas da vida. Funcionárias da Le Lis Blanc. Representantes da empresa. Do alto dos seus tamancos, se julgam donas da verdade. Gritam suas alegações, desrespeitam seus clientes, tratam de maneira mesquinha e estranha aqueles que a procuram querendo ajudar.

Isso é lamentável. Até quando teremos que aturar pessoas assim?

Até quando teremos que aturar empresas assim. Como a Le Lis Blanc ? Cuidado porque você só merece alguma atenção se estiver dentro da garantia.

Falta visão para a empresa. Falta olhar para além dos seus limites e do seu faturamento. A pandemia que nos atinge e que afetou nosso comportamento provocou também alterações e interferências em empresas como a Le Lis Blanc.

Se você procura a empresa, se você tem uma dúvida, se você pede a ajuda, tem que primeiro se expor fazendo um cadastro estúpido, fornecendo seu celular, seu email, seu nome, seu cpf para que? Apenas para permitir que empresa negocie no mercado negro o seu banco de dados. Atitude deplorável da Le Lis Blanc que cancelou o meu tiquet sem me atender.

Em seu site, a empresa tenta enganar mostrando a sua politica de qualidade baseada no trinômio Reduzir, Respeitar, Realizar. A Le Lis Blanc diz que caminha de mãos dadas e que cada um é um agente transformador na construção do futuro.

Como pode pregar essa filosofia se cancelou o meu tiquet sem me atender? Me respondendo com frases feitas que mostram apenas a baixa qualidade da equipe e da empresa Le Lis Blanc.

Reputação a gente demora uma vida para construir. Mas para destruir basta uma ação impensada. Como cancelar o meu tiquet sem me atender.

Mais mentiras no site da Le Lis Blanc

Ao falar sobre sua equipe de trabalho, levando em conta minha experiência pessoal, a empresa mente mais uma vez ao afirmar que:

“Nossas pessoas são empenhadas e obcecadas pela qualidade e excelência…. Todos na empresa têm a obrigação de discordar se acreditarem que algo pode estar errado ou caso tenham uma ideia melhor. Falar a verdade e fazer perguntas difíceis precisa ser “seguro” para todas as pessoas, em todas as funções…”

Se assim fosse, a Le Lis Blanc não encerraria meu tiquet alegando estar em “desacordo” com as normas ou “fora da garantia”.

Mesmo esse enunciado da empresa é um tanto estranho e vago pois afirma que os interesses da empresa devem estar acima de todas as coisas….

No Marketing moderno, temos uma visão um pouco diferente, muito parecida com aquela onde o cliente sempre tem razão.

No Marketing moderno, investimos tanto na manutenção dos que são clientes como na aquisição de novos clientes.

De nada adianta uma empresa ganhar novos clientes se perde os que já tem. Um cliente falando mal, como no meu caso, que sou jornalista, e apresento minha opinião pelo meu site, causa mais prejuízo do que se pode imaginar por um tempo que não se pode contar.

No Marketing moderno, e eu sou pós graduado nessa área, portanto falo com conhecimento de causa, o cliente tem razão.

E mesmo que o cliente não tenha razão, se ele procura a empresa, manifestando o seu sentimento, procuramos fazer o melhor para que ele fique satisfeito. Claro, isso vai custar tempo e dedicação e vai envolver outros setores e departamentos da empresa mas é assim que as coisas acontecem.

Desde que a ganhamos de presente, nunca a usamos. Fomos descobrir que estava rachada quando a retiramos do armário para a limpeza periódica que fazemos.

Numa coisa o site da Le Lis Blanc não mente: Quando afirma:

Nossas Lojas e Produtos são a expressão de quem somos. Para mim, são rachados como a jarra de prata que  eu tenho em casa.

Nossas Lojas e Produtos são a expressão de quem somos: Cancelados como a ação da Andressa no meu tiquet de atendimento.

A empresa nem toma conhecimento do que estou informando e se mantém na posição de que a garantia já terminou. Como se reputação fosse algo que tivesse garantia. No caso da Le Lis Blanc a reputação tem validade de apenas 90 dias.

Nossas Lojas e Produtos são a expressão de quem somos: Uma empresa fora da garantia. Que não sabe atender aqueles que a procuram, que tem uma visão distorcida do mundo, do marketing e das regras de convivência social.

Sobre Paulo Roberto Machado

Jornalista e Radialista Profissional, graduado em Comunicação Social e Pós Graduado em MKT pela PUC de Campinas, trabalhou, em Campinas e em São Paulo, durante anos na Rede Globo de Televisão - TV e Rádio, na Bandeirantes - Rádio e TV e na antiga TV Manchete como repórter, editor e apresentador e âncora de Telejornais e programas de Debate. Formado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista Ágape.

Leia Também

O banheiro pifou e os astronautas tiveram que usar fraldão para voltar.

Os astronautas que deixaram a Estação Espacial Internacional, depois de 6 meses, tiveram que usar …