Página Inicial --> Astronomia --> Cratera em Marte

Cratera em Marte

MartePIA16710_fig1

Esta visão de rochas sedimentares no chão da cratera McLaughlin mostra rochas sedimentares que contêm evidências espectroscópica de minerais formados através da interação com a água.

O High Resolution Imaging Science Experiment (HiRISE) da câmera em Marte Reconnaissance Orbiter da NASA registrou a imagem.

Uma combinação de pistas sugere que a cratera que tem cerca de 2 km de produndidade, teve um lago alimentado por águas subterrâneas.

Segundo os pesquisadores, parte da evidência é a identificação de argila e minerais de carbonato em camadas visíveis dentro e perto do centro da imagem. As identificações minerais vêm do Espectrômetro Compacto de Reconhecimento de imagens para Marte (CRISM), também sobre o Mars Reconnaissance Orbiter.

HiRISE é um dos seis instrumentos da Mars Reconnaissance Orbiter.

A Universidade do Arizona, em Tucson, opera a sonda HiRISE da câmera, que foi construída pelo Ball Aerospace & Technologies Corp, em Boulder, Colorado, no Jet Propulsion Laboratory da NASA, uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena.

A Lockheed Martin Space Systems, de Denver, construiu a nave espacial.

Crédito da imagem: NASA / JPL-Caltech / Univ. do Arizona

Sobre Paulo Roberto Machado

Jornalista e Radialista Profissional, graduado em Comunicação Social e Pós Graduado em MKT pela PUC de Campinas, trabalhou, em Campinas e em São Paulo, durante anos na Rede Globo de Televisão - TV e Rádio, na Bandeirantes - Rádio e TV e na antiga TV Manchete como repórter, editor e apresentador e âncora de Telejornais e programas de Debate. Formado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista Ágape.

Leia Também

NASA vai pesquisar as origens do Universo…

O Spectro-Photometer da NASA para a missão História do Universo, Época de Reionização e Ices …