Página Inicial --> Astronomia --> Astronautas acionam alerta de emergência na ISS.

Astronautas acionam alerta de emergência na ISS.

Naves Soyus foram utilizadas como Salva-vidas.

Os sete integrantes da Estação, em órbita da Terra, tiveram que acionar procedimentos de emergência e se refugiar em cápsulas que funcionam como salva-vidas.

O incidente ocorreu no dia 15 de novembro de 2021. A Rússia destruiu, com um míssil, um antigo satélite espião, dos tempos da Guerra Fria, lançando uma nuvem de destroços em diversas direções.

A explosão do satélite gerou mais de 1.500 pedaços de destroços que puderam ser rastreados e milhares de outros menores.

A Rússia afirmou que em nenhum momento houve risco direto para a Estação Espacial ou para os astronautas que a ocupam. O fato é que um pedaço um pouco maior do satélite destruído entrou numa trajetória suspeita o que obrigou os astronautas a adotarem os procedimentos de evacuação fechando as escotilhas entre os módulos e se refugiando nas cápsulas.

O lixo espacial começou a ser acumulado após o início da exploração do espaço pelo homem. Segundo a NASA, há cerca de 1 milhão de objetos potencialmente perigosos, medindo entre 1 a 10cm de diâmetro.

Nao é o primeiro sinal de alarme no espaço

O alarme na Estação Espacial Internacional já foi ativado no passado devido a fumo e a cheiro a plástico queimado, avançou a agência russa Roscosmos. Aconteceu no módulo russo Zvezda no mês de setembro, quando as baterias da estação estavam sendo carregadas durante a noite.

O russo Oleg Novitsky viu o fumo e deu o alerta. O astronauta francês Thomas Pesquets confirmou o cheiro de plástico queimado no departamento russo e disse que ele se espalhava para o departamento dos Estados Unidos. Os sistemas voltaram mais tarde ao normal.

O astronauta russo Oleg Novitsky na ISS

Em agosto de 2018 a ISS foi atingida por um micrometeorito. Os astronautas estavam dormindo e foram acordados com o alerta de que o nível de oxigênio estava caindo rapidamente e que eles deveriam buscar as naves de escape.

astronauta alemão Alexander Gerst tapou o buraco no casco da ISS com o dedo

Descobriram o buraco no casco da ISS. astronauta alemão Alexander Gerst, da Agencia Espacial Europea tapou o buraco com o dedo até que os colegas providenciassem a massa de epóxi para selar o vazamento de vez, o que foi feito com sucesso.

Por engano, astronauta chama o serviço de emergência americano 911

Em 4 de janeiro de 2019 o astronauta André Kuipers fez uma chamada de emergência para o 911 dos Estados Unidos. Ele se equivocou ao usar o teclado da ISS. Mesmo assim ele ficou um pouco decepcionado porque só no dia seguinte recebeu um email do serviço perguntando: “Chamou o 911”?.

Sobre Paulo Roberto Machado

Jornalista e Radialista Profissional, graduado em Comunicação Social e Pós Graduado em MKT pela PUC de Campinas, trabalhou, em Campinas e em São Paulo, durante anos na Rede Globo de Televisão - TV e Rádio, na Bandeirantes - Rádio e TV e na antiga TV Manchete como repórter, editor e apresentador e âncora de Telejornais e programas de Debate. Formado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista Ágape.

Leia Também

O banheiro pifou e os astronautas tiveram que usar fraldão para voltar.

Os astronautas que deixaram a Estação Espacial Internacional, depois de 6 meses, tiveram que usar …