Página Inicial --> Astronomia --> Primeiro Eclipse Solar de 2017 registrado pelos Comunicadores, em São Paulo

Primeiro Eclipse Solar de 2017 registrado pelos Comunicadores, em São Paulo

O primeiro eclipse solar de 2017 foi observado aqui em São Paulo, capital do estado, e numa estreita faixa que passa pelo sul do Chile e da Argentina, oceano Pacífico, oceano Atlântico e sul da África. O fenômeno foi registrado pelos Comunicadores. O Jornalista Paulo Roberto Machado fotografou um dos momentos especiais do fenômeno, utilizando uma câmera Nikon D5100 e uma lente 300 mm.

Foto: Paulo Roberto Machado – São Paulo – Brasil

Segundo o Observatório Nacional, o eclipse anular, também é conhecido como “Anel de Fogo”, ou seja, quando se vê todo o desenho do Sol e uma espécie de anel de luz ao redor.

A observação no Brasil incluiu toda a região Sul, Sudeste, grande parte do Nordeste e Centro-Oeste, que pode ver o eclipse como parcial, entre 10h e 12h30, horário de Brasília, conforme a localidade.

A agência espacial norte-americana Nasa lançou um site com detalhes sobre o eclipse solar. A plataforma transmitiu, em tempo real, o fenômeno mas destaca outro eclipse que irá ocorrer em agosto deste ano. O Brasil terá a oportunidade de visualizar esse fenômeno em 21 de agosto. Ele será visto  parcialmente na região nordeste, próximo do horário do pôr do sol

Eclipse do Sol 2017 registrado no México.

Segundo análises do Observatório Nacional, em 14 de dezembro de 2020, haverá um eclipse parcial do sol que terá também visibilidade em grande área do Brasil.

 

Sobre Paulo Roberto Machado

Jornalista e Radialista Profissional, graduado em Comunicação Social e Pós Graduado em MKT pela PUC de Campinas, trabalhou, em Campinas e em São Paulo, durante anos na Rede Globo de Televisão - TV e Rádio, na Bandeirantes - Rádio e TV e na antiga TV Manchete como repórter, editor e apresentador e âncora de Telejornais e programas de Debate. Formado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista Ágape.

Leia Também

Uma conversa sobre a Páscoa, a Passagem e o Deserto!

Essa história da caminhada é mesmo muito interessante. Tem sido assim, ao longo da história da …