Página Inicial --> Astronomia --> Empresário japonês Yusaku Maezawa será o primeiro Turista Espacial

Empresário japonês Yusaku Maezawa será o primeiro Turista Espacial

Elon Musk, o diretor da SpaceX prometeu e cumpriu. Revelou o nome da primeira pessoa comum (ou seja, não astronauta) que terá o privilégio de conhecer a Lua de pertinho. Também pelo Twitter, Musk respondeu a um seguidor que queria extrair alguma dica do CEO sobre a identidade do passageiro misterioso, e a resposta foi uma bandeira do Japão, sugerindo que a tal pessoa poderia ser do país asiático.

Pois bem, durante evento que foi transmitido ao vivo, houve a aguardada revelação: o primeiro passageiro que será levado à Lua por meio do novo foguete BFR será o empresário japonês Yusaku Maezawa, que é um grande colecionador de arte.

O bilionário asiático, segundo a Forbes, vale US$ 3,6 bi e foi listado como a 14ª pessoa mais rica do Japão em 2017; segundo a Bloomberg, sua fortuna atualmente está na casa dos US$ 2,3 bilhões.

MZ (como gentilmente pediu para ser chamado) começou sua declaração dizendo que “I choose to do to the Moon” (“Eu escolho ir à Lua”), em alusão à icônica declaração do presidente John F. Kennedy em 1962, quando os Estados Unidos revelaram ao mundo o início do programa Apollo, cujo objetivo era justamente levar a humanidade à Lua. O empreendedor explica que sempre foi apaixonado pela Lua, que continuamente inspira a humanidade e, portanto, não poderia perder a oportunidade.

Nave da Space X que levará o primeiro Turista Espacial para dar uma voltinha na Lua. Crédito: Foto SpaceX

A viagem histórica acontecerá em 2023 com duração estimada de 1 semana, e MZ decidiu comprar as passagens de todos os assentos da nave, mas muito longe de ser egoísta com isso: sua ideia é convidar de 6 a 8 artistas de todo o mundo, incluindo pintores, escultores, fotógrafos, músicos, diretores de cinema, designers de moda e arquitetos, para acompanhá-lo. O valor a ser gasto pelo japonês nessa empreitada, contudo, não foi revelado.  

Dear Moon Project

MZ também anunciou a iniciativa que criou com a SpaceX para divulgar mais informações sobre a viagem histórica a todo momento, chamada Dear Moon (ou “querida Lua”, em tradução para o português). Um site oficial já está no ar com informações preliminares, incluindo o cronograma do projeto.

Bilionário não vai sozinho. Vai levar oito com ele para dar uma voltinha na Lua!

“Se Pablo Picasso tivesse visto a lua de perto, que tipo de pinturas teria feito? Se John Lennon tivesse prestado atenção nas curvas da Terra, que tipo de músicas teria composto? Se eles tivessem ido ao espaço, como seria o mundo hoje?”, se interroga Maezawa no site do projeto “Dear Moon” (“Querida lua”, em inglês).

Entre os felizardos, a previsão é de que haja pelo menos um pintor, um músico, um diretor, um estilista, um dançarino, um escritor, um escultor, um fotógrafo e um arquiteto. Essa não é a primeira vez que o milionário, pouco conhecido no Japão, se interessa por obras de arte – ele já tinha recebido certa notoriedade ao pagar 110 milhões por uma obra do pintor nova-iorquino Jean-Michel Basquiat. Maezawa também tem, em sua “humilde” coleção, peças de Picasso, Andy Warhol ou Roy Lichtenstein.

Sobre Paulo Roberto Machado

Jornalista e Radialista Profissional, graduado em Comunicação Social e Pós Graduado em MKT pela PUC de Campinas, trabalhou, em Campinas e em São Paulo, durante anos na Rede Globo de Televisão - TV e Rádio, na Bandeirantes - Rádio e TV e na antiga TV Manchete como repórter, editor e apresentador e âncora de Telejornais e programas de Debate. Formado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista Ágape.

Leia Também

O Poder da Transformação – Psicóloga Meiry Kamia

Momentos de crise põem em xeque nossas crenças, hábitos, vitórias e certezas. No ideograma chinês, …