Página Inicial --> Astronomia --> Eclipse Lunar gerou a “Lua de Sangue”

Eclipse Lunar gerou a “Lua de Sangue”

Lua de Sangue no eclipe visto no Rio de Janeiro, no Pão de Açúcar

Madrugada do dia 21 de janeiro de 2019. A Lua se transformou em Lua de Sangue. Fenômeno que acontece devido à posição da Terra e do Sol que deixam o satélite com um tom avermelhado.

Lua eclipsada – Primeiro fenômeno astronômico de 2019

Foi o 1º fenômeno astronômico do ano. O eclipse começou à 00h36 (21h36 de Nova York). A fase da umbra — quando a sombra do Sol começa a ser observada na Lua — teve início à 01h33 (22h33 de Nova York). Às 03h12, o satélite atingiu a fase total máxima.

Diferente de um eclipse solar total – quando o que é “escondido” é o Sol – a observação da versão lunar não exige um óculos de proteção. A visão da Lua é a olho nu. Um binóculo ou uma luneta simples podem ajudar. É mais fácil de assistir em áreas menos iluminadas – campos e praias – e com o horizonte livre.

Sobre Paulo Roberto Machado

Jornalista e Radialista Profissional, graduado em Comunicação Social e Pós Graduado em MKT pela PUC de Campinas, trabalhou, em Campinas e em São Paulo, durante anos na Rede Globo de Televisão - TV e Rádio, na Bandeirantes - Rádio e TV e na antiga TV Manchete como repórter, editor e apresentador e âncora de Telejornais e programas de Debate. Formado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista Ágape.

Leia Também

Programa de Rádio dos Comunicadores

Quarta-feira – 20hs. A Central de Rádio e Notícias, da cidade de Itatiba, passa a …